[ECOTUTORIAIS][bleft]

O Incrível Homem que sozinho plantou uma floresta

Por: Camila Gomes Victorino

Claramente que estar em grupo é aumentar a força para poder mudar o mundo. Assim, milhões de pessoas se unem para poder lutar contra as injustiças ou para poder perpetuar o amor ou a paz, porém, às vezes, não é possível encontrar pessoas que queiram mudar o mundo contigo ou é difícil acessá-las, pela distância ou ritmo dos dias atuais; isso faz com que nos sintamos tristes e deprimidos, pois algo dentro de nós nos diz que algo precisa ser feito, que algo precisa mudar! Mas como mudar o mundo sozinho e por si mesmo?
Jadav Payeng

De fato, a maioria de nós aprendeu que trabalhar em grupo dá certo, mas não é por isso que fazer algo sozinho não dê certo também, principalmente quando se está impossibilitado de pedir ajuda! Jadav Payeng é um exemplo disso! Este indiano de 47 anos, hoje é um dos responsáveis pelo plantio e restauração de uma floresta próxima de sua habitação, antes destruída pela depredação. Há trinta anos atrás, quando Jadav tinha apenas 16 anos, ele notou que algumas cobras mortas jaziam nas margens do rio local. Ele notou que as cobras e outros animais haviam morrido pelo calor excessivo das margens, as quais não possuíam nenhum tipo de vegetação por conta da degradação ambiental. Jadav conta que chorou muito pelos animais mortos e que, no dia seguinte, foi até a Guarda Florestal pedir ajuda para restaurar a flora, o que responderam dizendo que nada cresceria no local, somente bambu.


Jadav, determinado, e sem que ninguém acreditasse nele, resolveu por si só restaurar aquela região para nunca mais deixar que animais morressem em vão. Ele começou espalhando sementes de plantas nativas, sozinho, e sem nenhuma ajuda profissional, há mais de trinta anos e hoje, continuando a fazer isso, já plantou uma floresta de 1.360 acres. Atualmente, esta floresta restaurou também a fauna da região, transformando-se em um santuário para aves, veados, rinocerontes, tigres e até elefantes. Jadav, além de plantar, também transplantou formigas para ajudar no balanço ecológico da floresta, sendo que atualmente, ela funciona por si mesma, melhorando inclusive a qualidade de vida da população dos arredores.


Jadav Payeng é um exemplo de que devemos seguir nosso coração e sempre que possível atuar para mudar alguma coisa que não pareça correta. Às vezes, nos sentimos fracos porque parecemos estar sós ou não conhecer ninguém que pense como nós, mas se mantivermos nossa força e esperança podemos mudar muito os nossos arredores ou algum problema que percebamos.
Mas como fazer algo sozinho na cidade grande? Bem, existem muitas formas de ajuda que podemos oferecer! Por exemplo, nas cidades, podemos semear árvores frutíferas em terras depredadas e não cercadas. Existem muitos locais assim nas cidades que podem servir como um espaço de plantio. Pode-se, por exemplo, criar hortas comunitárias, como aquelas de TodMorden, na Inglaterra, cidade que hoje vive basicamente da horta comunitária que a população planta, ou como o exemplo da favela da São Remo, com uma horta comunitária de porte menor, mas ao alcance de todos. Além dessas ações mais aparentes, existe uma ação que pode revolucionar ainda mais o seu caminho e o caminho daqueles que te cruzarão: este é o caminho da revolução da consciência. Já ouviu falar?


Neste caminho procura-se mudar o mundo a partir de si mesmo, melhorando-se pela mudança de suas ações e pensamentos. Não pense que é fácil, pois estamos acostumados a sermos violentos com os outros e com nós mesmos! É por isso que comemos mal e nos envenenamos todos os dias ou que maltratamos os outros ou nosso ambiente, jogando lixo na rua, gastando um excesso de água e energia em casa, sendo preconceituosos e julgando muito os atos das pessoas.
Nós podemos sair desse ciclo de violência e tornando-se cada vez mais amorosos, tenham certeza de que suas ações, tornando-se mais nobres, transformar-se-ão em exemplos para muitos outros também e aí, você não estará mais sozinho e Jadavs Payengs não plantarão apenas florestas na Índia, mas reflorestarão todo o planeta e os corações de toda a humanidade.


Paz!

Para saber mais sobre Jadav Payeng, um filme chamado Forest Man foi produzido com a ferramenta de "crowdfunding", uma ferramenta da internet que possibilita que qualquer pessoa, doe uma quantia para algum projeto, por exemplo a produção de um documentário como este. Segue abaixo o trailer em inglês (infelizmente ainda sem legenda, coloquei a tradução das falas abaixo do vídeo).

Legenda: Muito distante, na região norte do nordeste da Índia, existe uma ilha gigante no meio de um rio. Ela é chamada de ilha Majuli. Tem sua própria língua, cultura, religião e história. A ilha Majuli está sendo lentamente destruída. Está sendo destruída por enchentes relacionadas ao aquecimento global. É estimado que a ilha possa ter desaparecido totalmente em 30 anos. Este é Jadav Payeng, ele é de Majuli. Quando Payeng viu sua ilha sendo destruída, ele decidiu fazer algo sobre isso e então ele começou a plantar árvores nas margens mortas de areia. Isso começou nos anos 70. Hoje sua floresta é maior que o Central Park. É a casa de elefantes, rinocerontes e pássaros. Esta é a incrível história de Payeng e sua floresta.
- Humanos causaram problemas ambientais. Se humanos lutarem contra a natureza, se eles forem contra isto, então a natureza lhes mostrará o erro de seu caminho.
Oi! Obrigado por assistirem meu trailer. Meu nome é William Mcmaster e eu sou o diretor deste filme. Bem, depois de grande sucesso na filmagem na Índia e muito trabalho de edição, nós realmente precisamos de sua ajuda. Esta é a incrível e fascinante historia de como uma única pessoa pode fazer uma mudança positiva no ambiente. Nós estamos confiantes com o sucesso em festivais de filmes e ganhamos grande audiência, mas nós realmente precisamos de seu apoio para chegar lá. Sua doação irá para música original, mixagem de som, graduação de cor e taxas de festivais. Muito obrigada!


Paz!



Post A Comment
  • Blogger Comment using Blogger
  • Facebook Comment using Facebook
  • Disqus Comment using Disqus

Um comentário :

  1. Gostei muito da história, é realmente um exemplo de determinação e propósito. Vamos seguir o exemplo e começar a mudar a nós mesmos para que um dia possamos replantar a Terra.

    ResponderExcluir

Ajude a Enriquecer o nosso Blog, Contribuindo com sua Opinião!


[REFLEXÕES][grids]