[ECOTUTORIAIS][bleft]

5 Hábitos Que Ajudam a Economizar ÁGUA

PorCamila Gomes Victorino
Existem muitos hábitos cotidianos que nos ajudam a preservar a água potável. De fato, alguns já nos foram ensinados nas extensivas campanhas da SABESP ou outras redes de distribuição de água do país, mas existem várias informações que nunca foram ressaltadas e que são de grande importância.
É fato que evitar o desperdício é muito pertinente, o que faz com que as redes de distribuição de água clamem sempre pela diminuição do tempo no banho, uso de baldes para lavar o carro, verificação de vazamentos constante, entre outros, porém reitero que o maior desperdiçador de água não vem da população, mas das grandes empresas e setores de agronegócio que não costumam aparecer como foco das campanhas publicitárias.
Apesar disso, ainda sim acho interessante fazer o maior esforço possível para evitar a poluição e o desperdício de água, afinal sem ela não é possível a existência de grande parte da vida no planeta e sabemos que ele só está aumentando durante os anos. Deixo aqui então algumas dicas que podem facilitar a diminuição da poluição e desperdício de água potável. Imagino que nem todos poderão seguir todas as cinco, mas uma sendo possível, já faz a diferença.


1) Reaproveitamento da Água da Chuva

Em algumas regiões do país chove muito em algumas épocas do ano, o que nos permite utilizar a 
Mini cisterna em uma casa da zona urbana.
água da chuva para várias funções cotidianas. Regar as plantas, dar descarga, lavar o carro e quintal são alguns dos usos que a água da chuva pode ter. Para reaproveitá-la, deve-se construir uma cisterna que armazene a água, a qual pode ser utilizada posteriormente. Não imagine que quando falo de cisterna esteja me referindo àquelas construídas no Nordeste e de grande porte. No caso, existem cisternas de baixo custo, feitas com galões de plástico, onde se afixará uma das extremidades da calha que recolherá a água. É ideal que a tubulação que liga a calha ao galão, possua um filtro, que impeça a entrada de grandes resíduos. Pode-se também adicionar pequena quantidade de cloro, que evita a proliferação de algas e microorganismos na água.Para aqueles que pretendem utilizar a água para dar descarga, o procedimento requer maiores modificações na tubulação da residência, sendo assim ela demanda dinheiro e muitas vezes uma casa própria. Se você mora em apartamento, a água da chuva pode ser recolhida em pequenos tambores, posicionados, no terraço, em posição estratégica. Eles não conseguirão recolher muito, mas já é o suficiente para a utilização em regas e lavagem de chão. Para aprender a construir uma cisterna de baixo custo sugiro o site “Sempre Sustentável”. Lá existem informações técnicas com fotos de como construir a cisterna. Quer visitar uma casa ecológica exemplar com cisterna? Sugiro a visita da “Casa do Alpendre”, no bairro do Butantã em São Paulo. Se não mora em SP e conhece outro lugar, não deixe de comentar. Sua participação é fundamental!






2) Economizar Água da Descarga

Não posso deixar de dizer que fiquei maravilhada quando soube desta dica que achei no “Wikihow”. Aqui passo a dica na íntegra, mas quem se interessar pelo passo a passo com fotos, é só clicar no link. Bem, atualmente existem algumas caixas de vasos sanitários que acumulam menos água e que
Economizando água da descarga. Fonte: WikiHow
 funcionam tão eficientemente quanto as antigas, mas como a troca do vaso demanda dinheiro, ela inviabiliza a vontade de muita gente. Uma dica interessante é pegar uma garrafa de dois litros (uma que caiba na caixa do vaso) e preencher com pedras, água ou areia. Depois de tampar a garrafa, coloque-a gentilmente no fundo da caixa. Depois disso tampe o vaso e esqueça a garrafa. A partir da próxima descarga, a cisterna acumulará menos dois litros de água potável, o que gerará economia e menor desperdício.



3) Troque o Detergente de louça pelo Sabão de Coco

Lembra do sabão gosmento que existia na casa de sua avó e que deixava as panelas brilhando? Bem, antes do detergente, o sabão era assim! Atualmente os detergentes de louça, além dedesengordurarem menos, poluem a água por possuírem fosfatos e derivados do petróleo. Além disso, muitos são feitos de gordura animal, o que só reafirma a indústria poluente de exploração animal.O detergente pode ser facilmente substituído pelo sabão em pedra, mas se quiser ir além, sugiro a substituição pelo sabão de coco, que é feito de gordura vegetal e é livre de insumos do petróleo. Ele parece ser mais caro à primeira vista, mas por durar bastante tempo, acaba por sair mais barato, além de realmente desengordurar a louça.



4) Evite Xampus que contenham Parabenos e Tóxicos

Existem muitas substâncias nocivas no xampu e no condicionador que costumamos usar. Algumas, inclusive, são proibidas em outros países, mas, aqui, elas continuam a ser incorporadas nas fórmulas. O parabeno, por exemplo, é uma substância comum nesses cosméticos. Existe certa outras substâncias, também controversas, são o lauril sulfato de sódio e o formaldeído, ambos podendo gerar problemas de saúde. Mais para frente, farei um artigo específico sobre cosméticos sustentáveis, porém fica o alerta de que ao utilizar estes produtos, as águas ficam poluídas por elementos que prejudicam a fauna e a flora. De qualquer maneira, as marcas de cosméticos orgânicos são boas soluções, mas sempre procure ler as fórmulas nas embalagens, pois nem todo cosméticos possui esta substância. polêmica quanto à geração de câncer por parte dessa substância, porém acredito que o princípio da precaução deva valer neste caso. Como ele é um possível causador de doenças, a água é poluída por ele quando usamos o xampu e, reafirmando o ineficiente tratamento de esgoto brasileiro, seria mais eficiente, utilizar cosméticos que não poluíssem as águas com esses produtos, pois ele desaguam no mar. 



5) Consuma Alimentos Orgânicos


Como a agroecologia recupera e mantém a saúde do solo, o armazenamento de água pelo lençol freático se torna mais eficaz. Além disso, a não adição de pesticidas e adubos químicos, nas plantações, evita a poluição da água. Sendo assim, consumir alimentos orgânicos não apenas traz benefícios à sua saúde, como permite que a água potável do planeta seja bem armazenada e continue limpa.
Existem várias outras dicas que eu poderia citar aqui, como escovar os dentes com uma caneca, por exemplo, entretanto preferi me focar naquelas que são menos conhecidas do público. Reitero que essas dicas não têm foco apenas na melhoria de nossa qualidade de vida, mas servem também como fonte de inspiração para professores que queiram ajudar seus alunos a aprender mais sobre educação ambiental, ecologia humana e cooperação. Ademais, modificar os hábitos em busca de uma maior responsabilidade não contamina só a nós, mas pode gerar reflexão entre os amigos e a família. Sei disso, porque em minha casa foi isso o que aconteceu. Se você possui mais alguma dica sobre como economizar água, não deixe de comentar o post.

Gostou desta postagem? Ajude a divulgar o blog e seja um seguidor!
Paz!






 Pensando ao contrário

Post A Comment
  • Blogger Comment using Blogger
  • Facebook Comment using Facebook
  • Disqus Comment using Disqus

3 comentários :

  1. Ser vegano é uma excelente opção também. A industria da carne e derivados de animais consome muuuuuita água, muito mais do que para produzir um quilo de feijão (não lembro os números agora). Só diminuir o consumo de carne já ajuda bastante o ambiente ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Pópis! Sim, exatamente! Concordo! Paz!

      Excluir
    2. Melhor comentário

      Excluir

Ajude a Enriquecer o nosso Blog, Contribuindo com sua Opinião!


[REFLEXÕES][grids]