[ECOTUTORIAIS][bleft]

Um Ato simples do seu dia a dia pode salvar as florestas ! Saiba o que você pode fazer!


Fonte: C.S.Ling Photograph
Há algum tempo atrás fiz um texto sobre o óleo de palma e como seu consumo desenfreado está destruindo as florestas tropicais da Indonésia e Sudoeste Asiático. Este problema parece distante, já que, aqui mesmo no Brasil, temos um problema similar com a floresta Amazônica e com o Cerrado. Porém, mesmo que longinquo, os dois desmatamentos têm relação comigo, com você e com seus conhecidos, afinal, é por conta do nosso consumo dos mais variados produtos, que nós criamos a necessidade de destruir estes ecossistemas.
Eu já vi mil campanhas sobre o desmatamento das florestas indonésias. É triste ver orangutangos queimados, filhotes sem os pais, exploração sexual destes animais, por mais bizarro que isto pareça, e, por outro lado, mutas pessoas dispostas a ajudar e a reabilitar estes animais também. Foi assim que, recentemente, uma foto circulou o mundo: nela mostra-se um orangutango agarrado em uma árvore seca, a única que ficou em pé, no meio de um deserto gigantesco de floresta desmatada. Seu olhar é assustado, mas não representa apenas aquele medo de criança que teme o fogo, um monstro do armário, mas o medo da ignorância. Não é que ele seja filósofo, mas o seu olhar até parece que é o olhar da desolação, da incredulidade de ainda não conseguir engolir até onde o ser humano foi capaz de chegar com sua ganância.

O último orangutango na última árvore. Aonde chegamos? Fonte

Somos nós, reles consumidores, brasileiros distantes, do outro lado do globo, responsáveis? É duro admitir, mas sim!
Eu não quero que você leitor ou leitora, se sinta culpado ou culpada, eu apenas estou rescrevendo para te mostrar que existe saída para este problema e a saída está em você também. O mais interessante deste mundo é que o problema está em nós, assim como a soluçã,o e nós podemos fazer muito para acabar ou, pelo menos diminuir, a devastação das florestas no mundo.
Vamos por partes, então! Vamos começar pelas florestas da Indonésia! Vamos também pensar nos ecossitemas brasileiros. Afinal, o que podemos fazer para impedir a destruição das florestas?


Sua dieta mata


Produtos industrializados são ricos em óleo de palma. Nós podemos deter isto! Fonte
Praticamente, nós vivemos para comer e é por isso que toda a civilização atual, assim como as anteriores, concentraram boa parte de sua energia na produção de alimentos. Não é surpreendente então, que a indústria alimentícea seja uma das maiores repsonsáveis pela destruição dos recursos naturais do planeta Terra. E isto é ruim, mas tem um lado bom: você que come e consome alimentos, pode evitar a devastação ambiental, simplesmente mudando o que você consome.
Assim, se você pára de comer produtos animais, você não mais financia a empresa que produz estes derivados. Se esta empresa desaquece, ela passa a comprar menos ração para seus animais, os quais são majoritariamente produzidos com soja, provinda do Cerrado e Amazônia devastados.
Além disso, se você pára de consumir vegetais com agrotóxicos (ou pelo menos diminui seu consumo), você desaquece o mercado produtor destes venenos. Consequentemente, todas estas grandes corporações que produzem armas químicas e pesticidas ficam menos poderosas e destroem menos.
Por fim, se você resolve que fazer comida em casa é mais saudável do que comprar tudo pronto, você salva as florestas da Indonésia, simplesmente porque comida pronta, na maioria dos casos, leva óleo de palma asiático na sua composição e é este óleo de palma que está desmatando o Sudoeste asiático e a Indonésia.


Bolacha, biscoito, chocolate...


Lendo a lista dos ingredientes dos produtos e boicotando aqueles com óleo de palma pode ajudar e muito contr ao desmatamento. Fonte
Quando escrevi meu primeiro texto sobre óleo de palma, muitos veganos me criticaram. Eles me disseram que esta discussão vai além do veganismo, pois óleo de palma é vegetal e não teria problema consumi-lo. “O foco do veganismo são os animais, não dá para focar em tudo”, diziam eles.
Eu, aqui, não tenho a intenção de entrar nesta discussão sobre o fato deste tópico ser vegano ou não. Eu quero te mostrar que este tópico é simplesmente um assunto do coração, da empatia e, por que não, uma questão de sobrevivência para nossa civilização doente.
Se você ainda não é vegano ou já é vegana, a minha ideia aqui é te mostrar que todas as nossas ações importam e que, mesmo que a bolacha, o biscoito, o lanche, o congelado ou o chocolate tenham somente componentes vegetais nos seus ingredientes, é hora de pensar que isto também pode ter impacto na vida de uma floresta inteira, seus animais, suas plantas e até no entorno humano.
Mais uma vez, a questão do sabor entra em cena e muitas pessoas vão pensar que é impossível ficar sem aquele delicioso chocolate vegano com óleo de palma, mas existem muitas receitas caseiras, sem este produto, que são deliciosas e eu te convido a experimentá-las! Sua saúde ficará melhor, seu bem-estar, suas técnicas culinárias e você ainda ajuda a preservar as florestas da Indonésia, os orangutangos e o seu bolso, claro!


Óleo de palma versus azeite de dendê


Fonte

Óleo de palma e azeite de dendê é a mesma coisa, mas o azeite de dendê é majoritariamente produzido no Brasil. Neste caso, não tem problema comer pratos em restaurantes com azeite de dendê. Grande parte da produção é sustentável e colaborativa, então, não boicote estes produtos. O problema mesmo é o óleo de palma que você vê nos ingredientes dos produtos industrializados. Mesmo que a produção destes alimentos seja no Brasil, o óleo de palma, que é usado como ingrediente, vem, geralmente, em galões gigantescos da Ásia e, portanto, este sim é um óleo de palma a ser boicotado. Informe-se sempre sobre a fonte do óleo de palma. Mesmo o óleo de palma sustentável da Ásia e Indonésia tráz vários problemas para o ecossistema local, então, não caia nessa!


Somos nós que vamos mudar o mundo e não os governos


Fonte
Sempre foi assim e sempre será: quem muda o mundo são as pessoas! Esperar dos governos uma ação produtiva não vai adiantar, pois mesmo que eles sejam formados por pessoas, muitas delas estão doentes e ainda não conseguem entender compaixão. Portanto, não fique esperando uma medida, faça você mesmo! Nós podemos mudar o mundo aos poucos, é verdade! Mas, quanto mais pessoas se conscientizarem que nós todos somos repsonsáveis pelo mundo como ele está, mais pessoas vão observar suas ações e procurar alternativas menos impactantes no seu dia a dia!
Veganismo é uma delas! Slow food é outra! Hortas urbanas, permacultura, construção de comunidadea ativas, existem várias formas de ir mudando aos poucos! Sei que não é fácil boicotar óleo de palma, mas, quando você puder, faça seus alimentos em casa! Tenho certeza que o sabor da bolacha, do bolo ou do assado ficará bem mais saboroso, com os ingredientes frescos, do que um pronto, cheio de conservantes e desmatamento! Eu comecei assim! E continuo na batalha! Vamos acreditar mais em nós! Nós somos muito poderosos!

Cheque estes produtos - chocolates, bolos prontos, biscoitos, bolachas, massas, xampus, sabonetes, pasta de dentes e cosméticos em geral. Produtos de limpeza. 

Paz!


Por: Camila Gomes Victorino




 Pensando ao contrário
Post A Comment
  • Blogger Comment using Blogger
  • Facebook Comment using Facebook
  • Disqus Comment using Disqus

Nenhum comentário :

Ajude a Enriquecer o nosso Blog, Contribuindo com sua Opinião!


[REFLEXÕES][grids]