[ECOTUTORIAIS][bleft]

Mulheres que correm com as árvores – conheça 10 artistas que relacionam árvores com sagrado feminino

Obra de Laura Iverson, Tree of life meditation

Árvores e mulheres têm muito em comum. Existe uma espécie de conexão entre elas, pois as duas geram vida e estão dispostas a nutrir, curar, tratar, sem pedir nada em troca. Por conta disso, a arte das mulheres geralmente está bastante conectada com a natureza, em especial, com estas majestosas criaturas.

Abaixo, você conhecerá o trabalho de dez artistas plásticas mulheres, que se inspiram nas árvores e usam esta conexão para repercutir uma mensagem bastante importante sobre a nossa relação com a natureza e, em especial, a conexão de alma que as mulheres têm com as árvores e os ciclos da vida.

ARTISTAS DO SÉCULO XX


1 - Louise Bourgeois - The Ainu Tree, 1999


Louise Bourgeois foi uma artista plástica francesa influenciada pelo surrealismo. Você pode ver uma versão de sua escultura mais famosa, Maman, no Museu de Arte Moderna de São Paulo. Nesta obra vê-se uma árvore. Será só isso? Assim que bati o olho, lembrei de menstruação e a conexão com a terra, os sentidos, as dores, o inverno e o silêncio, que nos envolve quando menstruamos. Silenciamos como uma árvore, de modo a fortalecer nossas raízes.


2 - Georgia O' Keeffe - The Lawrence tree, 1929


Georgia foi uma pintora, reconhecida como mãe do modernismo estado-unidense. Sua obra geralmente representa elementos da natureza, como flores gigantes e árvores.  O mais interessante desta obra é o ângulo em que a árvore é representada. É como se a artista estivesse deitada, olhando para o céu e a copa da árvore. Uma visão bastante vislumbrante e que nos faz lembrar da beleza que as coisas simples e gratuitas da vida nos trás.

Esta obra está em exposição no Wadsworth American Museum of Art, em Connecticut, EUA.


3 - Séraphine de Senlis - L'arbre du paradis


Séraphine teve uma vida bem difícil. Ficou orfã aos sete anos e trabalhou como doméstica, até ser descoberta por um milionário, que frequentava a casa de seus patrões. Séraphine pintava no escuro, à luz de velas, após terminar seu expediente, e inventava suas próprias tintas, as quais fazia com extratos de plantas. Sua obra evoca seu inconsciente e sua relação com a divindade, a religião e a natureza.  Aqui, nós vemos uma árvore repleta de vida, simbolizando bem o papel das árvores no nosso planeta e como seres sagrados.

Você pode ver esta obra no Centre Pompidou, em Paris



ARTISTAS CONTEMPORÂNEAS


4 - Katia Varvaki - Woman on tree


Katia é uma artista plástica grega contemporânea, que costuma pintar árvores em quase todas as suas obras, sempre incluindo crianças, raízes e elementos fantásticos nelas, nos fazendo lembrar da nossa relação com a natureza e como a nossa reconexão com ela é extremamente importante para a evolução da consciência e da humanidade como um todo.

Conheça mais sobre o trabalho de Katia em seu site



5 - Laura Iverson - Tree of life meditation


Laura é uma artista plástica estado-unidense da Califórnia, que inspira sua arte, principalmente, em elementos da natureza e a sua relação com elementos místicos e de auto-descoberta. Vale à pena conferir outros de seus trabalhos, que são encantadores e nos dão ainda mais vontade de voltar à natureza e de nos reconectarmos novamente à ela.

Visite mais trabalhos dela aqui




NO BRASIL


6 - Juliaro - Fases

A obra de Juliaro é cheia de simbolismos relativos aos ciclos femininos e sua conexão com a natureza, o místico e o ser interior. Vale a pena visitar o site da artista para conhecer seu incrível trabalho, o qual, inclusive, inclui obras com sangue menstrual, muito interessantes e bonitas.

Visite o site da artista aqui


7 - Miki de Goodaboon - I am woman


Miki é matemática e física, especialista em física teórica, mas, além disso, ela é também uma artista e feminista, acreditando no poder da mulher e na sua relação intrínseca com a natureza. É por isso que neste trabalho, ela foca na abstração de conceber mulheres como árvores em movimento. Sim, é exatamente o que somos, principalmente quando percebemos nosso poder interior!

Conheça mais sobre o trabalho de Miki aqui.

8 - Kelsey R. Mcdonnell - No parking in paradise


Kelsey é uma artista estado-unidense surrealista, que usa a ideia de árvore mulher para expressar sentimentos, conceitos e ideias. Aqui, a árvore parece não se encaixar no estacionamento frio e que não dá espaço para a natureza. Será isto uma metáfora para a sociedade calculista e patriarcal, que não deixa espaço para a natureza e para a mulher ? Não há vagas no estacionamento do paraíso da sociedade moderna. Paraíso para quem?


9 - Ayla Bouvette - women's work


Ayla é franco-canadense, mestiça de indígenas, fazendo questão de reafirmar suas origens aborígenes. Ela usa sua arte para expressar a cultura de seus ancestrais e, principalmente o poder feminino sagrado e sua relação com a natureza e a criação da vida. Nesta obra, vê-se claramente o poder da mulher e o trabalho que elas geram na sociedade. Uma árvore, uma vida, a humanidade inteira.


10 - Gabrielle Gonçalves - Árvore mulher (escultura)


Gabrielle Gonçalvez é uma artista brasileira contemporânea, que comumente utiliza elementos da natureza em seus trabalhos. Nesta escultura fica uma indagação: será que a árvore virou mulher ou a mulher virou árvore? A relação de cumplicidade é tanta, que é difícil saber!

Visite outras de suas obras em seu site



Por: Camila Gomes Victorino


 Pensando ao contrário

Post A Comment
  • Blogger Comment using Blogger
  • Facebook Comment using Facebook
  • Disqus Comment using Disqus

Um comentário :

Ajude a Enriquecer o nosso Blog, Contribuindo com sua Opinião!


[REFLEXÕES][grids]