[ECOTUTORIAIS][bleft]

Reutilizando Alimentos e Acabando Com O Desperdício Já!


Por: Camila Gomes Victorino

Segundo o site “Banco de alimentos” o Brasil é considerado o 4º maior desperdiçador de alimentos do mundo. Muito desse desperdício acontece tanto durante a colheita, o transporte e a venda, como também durante a preparação, já nas mãos do consumidor. Dos 26,3 milhões de toneladas de alimentos desperdiçados 20% são desperdiçados nas mãos dos consumidores (Embrapa, 2006), o que nos impulsiona a tomar cada vez mais precauções para que esses índices diminuam.

Durante o preparo, o alimento é desperdiçado preponderantemente de três maneiras: a primeira delas se dá quando não conseguimos utilizar os restos de comida e os jogamos no lixo; a segunda delas relaciona-se ao desperdício de folhas e cascas, potencialmente comestíveis, rejeitadas por falta de conhecimento do indivíduo; por fim, a terceira se dá pelo consumo desorganizado de alimentos, os quais, em excesso, acabam por estragar.
Sabendo disso existem várias maneiras em que se pode evitar o desperdício. Para ajudar a refrear cada um dos três tipos de perda, seguem abaixo algumas dicas de como fazê-lo.

REUTILIZAÇÃO DE RESTOS EM RECEITAS

Muitas vezes fazemos mais feijão ou arroz do que nós ou nossa família pode comer. Geralmente, a sobra é logo rejeitada no lixo ou acondicionada na geladeira, a qual, após alguns dias, estraga. Evitar jogar fora a sobra da comida já é eficiente, mas fica o problema de como utilizá-la após o acondicionamento na geladeira. Um dos principais problemas da comida requentada é o gosto e por isso, simplesmente esquentar o arroz ou o feijão do dia anterior não nos deixa muito estimulados. Um dos modos de se contornar o problema é utilizar os restos em receitas especiais, as quais utilizam como ingredientes principais restos de comida.

Para o feijão, lentilha ou grão de bico


O feijão do dia seguinte pode ser utilizado como ingrediente principal do “tutu de feijão vegetariano” ou virado e na sopa de feijão. Também existem receitas mais criativas como o hambúrguer vegetariano de feijão e o caldo defeijão com tomate. A lentilha pode ser batida e transformada em sopa e o grão de bico, se batido com cebola, alho e tahine, transforma-se em homus, um patê de grão de bico árabe.

Para o arroz

Com o arroz fica ainda mais fácil. Pode-se utilizar a sobra do arroz nas já tradicionais receitas de bolinho de arroz, mas pode-se adicioná-lo na canja vegetariana ou na sopa de feijão, como complemento. Outras receitas são ainda o assado de legumes com arroz, o arroz com açafrão e o arroz com azeitonas e amêndoas. Vale lembrar que qualquer ingrediente de sua preferência pode ser acrescentado ao arroz do dia seguinte, como milho, ervilha, brócolis, castanhas e outros.

Para o macarrão

A reutilização dos restos de macarrão segue o mesmo procedimento do utilizado para o arroz. O macarrão pode ser misturado com vegetais, tomate seco, azeitonas e também pode-se fazer salada de macarrão ou acrescentar um molho fresco de sua preferência a ele. Por fim, se existirem sobras de macarrão e feijão, ambos podem ser aproveitados na sopa de feijão.


Restos de legumes


Legumes não costumam sobrar e não mudam o sabor após requentados, entretanto, eles podem ser utilizados como recheio de uma torta de liquidificador. Por fim, podem ser batidos, gerando uma sopa ou papinha.

UTILIZAÇÃO DE FOLHAS, CASCAS E OUTROS NA PREPARAÇÃO DE ALIMENTOS
Folhas de brócolis, cenoura e beterraba são comumente rejeitadas pelo consumidor. Cascas de frutas, como maçã, laranja e goiaba também o são. Apesar disso, esses alimentos são comestíveis e podem ser utilizados na preparação de outras refeições. Lembre-se que ao utilizar estes alimentos é preferencial que estes tenham procedência orgânica, pois o agrotóxico costuma se concentrar nas cascas e folhas de cenoura e beterraba.


Folhas

Uma dos grandes usos das folhas é a adição ao suco verde. O suco verde não é feito com água, mas utiliza a água do próprio alimento. Sendo assim, ele é rico em sais minerais e antioxidantes. Para fazê-lo é necessário o uso de um pepino, uma maçã ou mais para adoçar e uma diversidade de folhas. É também necessário um voal (coador de tecido) para coar todas as fibras.

Suco verde



Ingredientes
Um pepino
Uma ou mais maçãs
Uma cenoura usada como biosocador (é preciso algum alimento para socar os ingredientes no liquidicador, de modo que não se force o motor).
Um prato médio de folhas de brócolis, cenoura, talos e outros (a folha de beterraba pode ser usada, mas deixa ao suco marrom).

Modo de fazer
Bata inicialmente o pepino e a maçã sem adicionar água. Quando estiver líquido, adicione as folhas, sempre utilizando a cenoura para facilitar a moagem do liquidificador. Abra o voal em um pote e jogue a pasta sobre o voal. Coe. Beba imediatamente para não oxidar.

Além do suco verde as folhas podem ser utilizadas em torta de folhas e palmito, como recheio da torta de liquidificador e como ingrediente de bolinhos, como o bolinho de folha de cenoura ou beterraba e o bolinho de folha de brócolis. Por fim, as folhas podem ser adicionadas na sopa de legumes.

Cascas

As cascas podem ser utilizadas para fazer doce, bolos e tortas Veja algumas receitas:

Bolo de casca de banana vegano


Ingredientes

4 cascas de banana
2 colheres de linhaça mais 6 colheres de sopa de água
2 xícaras de água
2 colheres de óleo não transgênico
3 xícaras de açúcar (ode ser mascavo ou demerara)
3 xícaras de farinha de rosca
1 colher de sopa de fermento

Modo de fazer

Misture a linhaça com a água e deixe descansar por 15 minutos, até formar um gel. Lave as bananas antes de descascá-las. Pique as cascas lavadas. Bata todos os ingredientes, menos a farinha, no liquidificador, até que fique homogêneo. Após, misture a farinha. Unte a forma e asse em forno pré-aquecido por 40 minutos (dependendo do forno, pode ocorrer variação de tempo).

Casca de maracujá recheada com legumes e castanhas


Ingredientes

Cascas de maracujá a gosto
Legumes a gosto
tomate
Alho e cebola

Modo de fazer
Corte os maracujás na metade. Tire a polpa. Retire a pelinha branca, que possui gosto amargo. Deixe as cascas de molho por 4 horas. Após, despreze a água do molho e ferva as cascas por meia hora (para tirar o amargo). Enquanto isso prepare o recheio e o molho, que regará as cascas.

Recheio 
(faça recheio suficiente para preencher todas as cascas que se quer comer)

Abobrinha ou berinjela
Salsinha e seus talos
Cenoura
Brócolis
Cebola
Dentes de alho
1 ou mais  xícaras de castanha do Pará ou amêndoas picadas

Como preparar

Refogue tudo com alho e cebola e adicione nas cascas de maracujá. Após preenchê-las regue com molho de tomate natural e sirva.

Pode-se ainda utilizar a casca da laranja para fazer doce ou laranja cristalizada e casca de melancia ou a casca do melão para fazer salada, geléia ou doce.

EVITAR O CONSUMO DESORGANIZADO DE ALIMENTOS

Uma dica para evitar o consumo desorganizado é criar um cardápio semanal das refeições que se pretende fazer. Neste, calcule o quanto de alimentos se utilizará. Além disso, antes de ir ao mercado ou feira, realize uma vistoria nos armários e geladeira em busca de produtos que faltam e daqueles que não faltam. Isso evita comprar produtos desnecessários.

Conclusão

Imagino que com estas dicas fique mais fácil evitar o desperdício de alimentos, gerando economia e diminuindo o consumo. Além disso, essas práticas diminuem o lixo orgânico das residências. É fato que o lixo orgânico deve ser acondicionado em uma composteira (trataremos em post futuro), porém mesmo que alguns leitores apresentem uma em casa, é melhor evitar o desperdício por respeito a todas as pessoas que passam fome, para diminuir o consumo e também para trazer economia.

Fonte das imagens: Pixabay

Gostou? Compartilhe e não deixe de se tornar um seguidor via FacebookGoogle+ ou Twitter. Assine também nossa Newsletter. Siga-nos pelo Instagram!

Paz!


Autora: Camila Gomes Victorino 









Post A Comment
  • Blogger Comment using Blogger
  • Facebook Comment using Facebook
  • Disqus Comment using Disqus

Nenhum comentário :

Ajude a Enriquecer o nosso Blog, Contribuindo com sua Opinião!


[REFLEXÕES][grids]