[ECOTUTORIAIS][bleft]

Humanidade: Guardiões Do Planeta?

Por: Camila Gomes Victorino

O que somos nós: um câncer ou guardiões do planeta? Nossa vez de escolher!
Fonte: Pensandoaocontrário
Existe muita violência em nossa sociedade e imagino que isto não venha de hoje. No passado, nós aprendemos sobre guerras, estupros, assassinatos premeditados e outros e hoje, com a internet, começa a chover um lado negro da humanidade que deixa a impressão de que o fundo do poço é apenas o começo. Alguns dizem que sempre foi assim e sempre será e outros até usam teorias biológicas para legitimar a violência, afirmando que o acaso selecionou as formas mais violentas e predadoras pela seleção natural e que a bondade e a cooperação não passam de mutações casuais, que aparecem e desaparecem com o tempo. De fato, eu não pretendo questionar o que é ou o que não é de natureza ancestral. Isso porque esta discussão é inútil. Não interessa o que nós fomos no passado, mas o que podemos ser agora e eu sei que neste agora nós podemos ser bem mais do que estupradores, tiranos, violentos boçais que oprimem idosos, os mais fracos, as crianças, as mulheres, os animais, os negros, asiáticos, os diferentes, os homossexuais e qualquer outra pessoa que prefira comer jabuticaba, ao invés de preferir o que todo mundo costuma gostar mais.

Na foto "nós não somos seus escravos". Sim, nós podemos ter a escolha de
estar ou de um lado ou do outro. Fonte: Oxbrigessay
Então vamos começar o texto assim: chega de argumentos sobre o que fomos no passado! Chega de afirmar que no passado nós éramos carnívoros e, portanto se sempre foi, sempre será! Chega de afirmar que no passado, os homens eram caçadores e as mulheres ficavam grávidas na caverna amamentando sem parar: se assim foi, sempre será! Chega de reafirmar a violência contra a mulher como fruto do passado, dos genes, da falta de um pênis poderoso. Chega de prender e matar negros e pobres por porte de desinfetante. Chega de falar que homossexualidade é mutação, é biológico, é uma doença, pois a seleção natural seleciona quem tem filho e não quem só cuida por amor. Enfim, chega de assumir que a boçalidade é grandiosa porque é matéria do passado, quando a constatação clara é a de que não se tem coragem para enfrentar o presente e mudar a si mesmo no agora.

Todos agem e nos falam que somos um câncer, mas podemos ser muito
mais do que isso para este belíssimo planeta. Fonte: Flickr
Tendo isso em vista, agora podemos pensar no que queremos ser como seres humanos. Quando eu penso no que quero ser eu não me baseio no que vejo no espelho. As pessoas me falaram a vida inteira que mulheres são melhores em ciências humanas e melhores detalhistas, gostam de limpar, de arrumar e adoram bebês. Eu não ligava muito e decidi que queria ser astrônoma quando criança. Hoje eu trabalho com neurociências, apesar das pessoas às vezes não entenderem porque eu não escolhi uma carreira mais “feminina”.

Primeiro virá a esperança e depois a força para mudar e agir. Mude-se!
Fonte: Wikipedia
Quando virei vegetariana, as pessoas me disseram que não era natural porque no passado nós éramos caçadores-coletores. Eu não dei muito ouvido e virei vegana e estou viva até hoje e adoeço menos que muito amigo carnívoro meu. Quando decidi que precisava fazer alguma coisa pelo planeta, as pessoas me disseram que era impossível e que não era natural, pois a natureza se baseia na lei do mais forte e no gene egoísta. Eu não dei ouvidos e hoje sei que pelo menos um grão de areia eu e meus infindáveis amigos ‘surdos” ajudamos a contribuir contra a violência reinante.
Pois bem, você também deve ter muitos exemplos de situações em que você não deu ouvidos e percebeu, mesmo assim, estar no caminho certo. O mundo dos covardes está cheio de pessoas com teorias e até com fórmulas matemáticas para provar de que é impossível, de que o caminho mais correto é ficar calado. Não dê atenção!

Se nós quisermos, nós podemos ser os guardiões do planeta e tratar todas
as formas de vida com respeito e veneração. Somos parte de um todo.
Fonte: HuffingtonPost
O caminho que a humanidade vai seguir daqui para a frente depende dela e de você, de nós, somente de nós! Somos nós que decidimos o presente e não as teorias do passado. Somos nós que decidimos se queremos compartilhar com a violência e estupidez ou se queremos ser outro tipo de ser humano: mais amável e responsável. Aliás, somos nós que vamos decidir se queremos ser guardiões dignos deste belíssimo planeta ou se queremos nos comportar como um câncer e destruir tudo que tocamos.

Esperança. Fonte: KateHarnedy
No fim, não se sinta intimidadx por nadar contra a corrente. A corrente é tormentosa, mas o principal empecilho será sempre o  medo de enfrentar toda a sociedade te dizendo para continuar com eles. Não ouça! O ser humano, como parte de um plano maior, pode ser muito mais do que ele está sendo agora. Ele pode cooperar entre si, parar de acreditar que poder sobre os outros é melhor do que cooperar e pode ajudar a cuidar deste planeta e da vida que há nele quando ele passar por situações de perigo, como um meteoro, por exemplo.
Imagine como ia ser especial fazer parte de uma espécie que cuida e nutre, ao invés de uma espécie que castiga e destrói! Imagine como ia ser especial ajudar a salvar o planeta de um asteroide, ao invés de destruir o planeta como um asteroide!
Nós podemos nos tornar os próximos guardiões! Cabe a vocês e não ao passado decidir qual o caminho que queremos seguir no futuro.

Paz!

Está na hora de escolhermos ser:

[  ] O câncer

OU

[  ] O amor


A mudança começa com você!

Ajude a salvar mais vidas! Go vegan!
Se você quer se tornar vegan e não sabe como, entre em contato com o blog que podemos ajudar!



 Pensando ao contrário


Post A Comment
  • Blogger Comment using Blogger
  • Facebook Comment using Facebook
  • Disqus Comment using Disqus

Nenhum comentário :

Ajude a Enriquecer o nosso Blog, Contribuindo com sua Opinião!


[REFLEXÕES][grids]