[ECOTUTORIAIS][bleft]

Deixa Prender

Por: Camila Arvoredo

Manifestantes por um transporte público de qualidade mostram seu caráter
não-violento, em detrimento da covardia policial e governamental.
Fonte: Uol
Gandhi viveu aproximadamente 6 anos de sua vida em prisão, tendo, por isso, contato com grandes pensadores anarquistas como Tolstoi, Thoreau e Kropotkin. Foi com eles, juntamente com os ensinamentos de amor universal da filosofia indiana, que ele iniciou seu movimento de não violência, tendo se tornado um dos maiores símbolos da desobediência civil de nossa era.
Uma das táticas mais importantes de Gandhi era a prisão em massa, que consistia em se deixar prender, juntamente com os manifestantes, pela polícia, comumente truculenta. Com esta tática, o governo inglês viu-se em um impasse tremendo, pois conforme aumentava o número de manifestantes presos, diminuíam os lugares em prisões, fazendo com que uma hora nem mais a prisão fosse possível.

Uma das táticas mais usadas por Gandhi, a prisão coletiva,
cria um dilema para o governante: o que fazer quando todos
os manifestantes decidem ser presos?
Fonte: Dinodia
Atualmente, a cidade de São Paulo, Rio e outras cidades vivem um momento de tensão. Em um momento histórico, a população, e não mais apenas os estudantes, sai às ruas para exigir seus direitos de maneira não violenta. Iniciada como marcha pela diminuição da tarifa do transporte público, este movimento está se tornando algo que vai além dele mesmo: a luta pela justiça e pela dignidade das pessoas.
 Mais interessante é que apesar do trabalho da mídia corporativa para denegrir os manifestantes, as redes sociais e a internet como um todo, tornaram-se canais de divulgação da violência policial e da verdade, em que se mostra o pacifismo de um movimento predominantemente libertário, contra a desmedida falta de caráter dos governantes e seus policiais alienados.

Muitos manifestantes estão sendo presos e covardemente agredidos
pela polícia. Fonte: Anônima
Prisões estão acontecendo a cada marcha e agressão física está sendo cometida até em direção aos transeuntes, deixando idosos feridos, jornalistas inconformados e inclusive baladeiros de bar arrastados pelo chão! Sim, a polícia não está poupando ninguém! Mais parece cachorro devidamente adestrado para matar, que perdeu o controle! Agora estão partindo para todo o lado e até o coitado do vinagre, presente nas mesas das famílias mais tradicionais do Brasil, está sendo vítima de ataque, sendo preso aquele que o levar na mochila ou na bolsa.

Se nos deixarmos todos prender, quem trabalhará para pagar o auxílio paletó
dos políticos? Fonte: GazetadoPovo
Mas deixem prender! Deixem prender a população e os estudantes! Deixem prender os 14.000, daqui há pouco 30.000 ou até 100 mil! Deixem prender a todos e depois de tantas prisões por carregarmos vinagre na bolsa, talvez finalmente consigamos ver os políticos trabalharem! Afinal, com todo mundo preso não haverá quem trabalhe para eles, pague os impostos para eles, seu auxílio paletó e seu helicóptero de luxo! Deixem prender a todos até que expandam todas as prisões! Deixem prender para transformarmos a prisão expandida nas verdadeiras cidades, para fazermos tetos verdes nos prédios, plantarmos uma horta orgânica nos terreiros, irmos visitar nosso colega de cela distante com bicicletas ou resolvermos que devemos trabalhar em cooperação, sem bancos, sem dinheiro, sem injustiça!
Talvez, com tanta gente presa, as cidades fiquem pequenas demais, vazias demais; as empregadas não servirão mais o caviar para os salafrários e as bolsas Louis Vuitton não poderão mais ser cobiçadas pela plebe.

Vinagre, o mais novo inimigo número 1 da nobreza.
Fonte: Cozinha da Matilde.
É impressionante como existe jeito! Existe o que fazer e é possível mudar o mundo! Não é preciso quebrar nada; não é preciso fazer a revolução armada! É só parar! Parar todo mundo e ver o que eles fazem sem nós! Somos nós os chefes! Somos nós que pagamos o salário do setor público. Um dos países que paga mais impostos no mundo com uma das educações de pior qualidade; uma saúde em processo de privatização; uma polícia MILITAR que violenta a população pobre todos os dias e que protege seu próprio carrasco. São bilhões de reais que são desviados; bilhões que deveriam pagar o transporte público de qualidade! Que deveriam pagar o melhor salário do mundo para o profissional mais necessário em uma sociedade: o professor!
E são milhões trabalhando em regime de 44 horas semanais gastando 4 horas de transporte para chegar ao trabalho; milhares trabalhando em regime de escravidão, apoiada por projetos de lei! E isso é todo dia! 

Não é por 20 centavos. Nem por 3 reais! É por dignidade! É para mudar o
país. Fonte: Notícias Terra
Todo dia sendo roubada ou roubado e ligando a televisão, mostrando o ladrão como o mocinho!
Isso é todos os dias! Pagando caro, o que já foi pago pelos impostos, em ônibus lotado, em transporte parado no trânsito porque garoou! Em fila de ônibus porque não tem coletivos suficientes!
Não é por 20 centavos! Não seria nem se fosse por 3 reais inteiros ou por 50 reais! É por dignidade! É para mostrar de uma vez por todas que quem manda é o povo e não uma minoria com bolsas Michael Kors! Com suítes em Miami!
Pode deixar prender! Prenda todo mundo! Porque a prisão vai ser tão grande, que o mundo deles, no final, vai ser apenas uma pequena ilha envolta de grades!

Se a tarifa não baixar, a cidade vai parar!

Paz!
Post A Comment
  • Blogger Comment using Blogger
  • Facebook Comment using Facebook
  • Disqus Comment using Disqus

Nenhum comentário :

Ajude a Enriquecer o nosso Blog, Contribuindo com sua Opinião!


[REFLEXÕES][grids]