[ECOTUTORIAIS][bleft]

Sabonete Íntimo: uma Necessidade Fabricada



Sabonete íntimo é um sabão especial para lavagem da genitalia externa feminina. De acordo com os fabricantes e sua bancada de ginecologistas favoráveis, o sabonete íntimo seria o mais ideal para a limpeza do epitélio da genitalia externa feminina, pois não desestabilizaria o PH da região, o qual é ácido.
Bem, quando eu ouvi falar deste sabão há alguns anos atrás eu acreditei piamente no que me diziam, afinal faz sentido utilizar um sabão com ph levemente ácido em uma região que também é levemente ácida. Quando comecei a usar, só havia uma marca no mercado brasileiro e eu apenas fiquei sabendo dele porque a minha ginecologista da época me disse que poderia me fazer bem, pois sabões convencionais (com ph básico) poderiam desestabilizar o ph da região íntima, aumentando o risco da contração de doenças vaginais, como a temida candidíase, que tanto ataca as mulheres atualmente.
Eu, que sempre pesquisei antes que acreditar em qualquer médico, descobri que fazia todo o sentido e comprei o produto (caríssimo) e só mais tarde, após alguns meses, é que mais e mais marcas começaram a soltar seus diferentes produtos, com cheiros diferentes, cores, borboletas saltitantes e o todo o aparato publicitário destinado às mulheres.
Assim, atualmente, existem dezenas de marcas destes produtos e é claro que as meninas mais novas possivelmente até acreditam que este produto sempre esteve lá, desde suas avós, assim como nós, atualmente, acreditamos que xampu é necessário para lavar o cabelo.


Mas, não faz sentido usar sabonete íntimo? Não é melhor para a saúde da mulher? Bem, para começar, é melhor usar sabonete íntimo do que usar um sabonete comum. Isto é fato! A região genital das mulheres é levemente ácida e esta acidez protege a região de infecções fungícas (candidíase, por exemplo) e bacterianas (clamídia, por exemplo). Este ph, se desbalanceado, pode trazer doenças, então é sempre bom evitar usar produtos que desestabilizem o ph vaginal, como um sabonete comum. O problema, apesar de tudo o que a publicidade fala, é que o sabonete íntimo também não é ideal, pois mesmo que seja mais ácido, também desestabiliza a região, além de trazer uma série de químicos para o local, que podem causar irritação, prurido ou secura.
Assim, o ideal é usar algo neutro, mas o quê? Ora, água, por que não?


Aparentemente, usar água para lavar a região externa da genitália pode parecer sujo e ridículo, pois nós vivemos na sociedade do sabão e quanto mais forte e mais bactericida ele for, mais limpos estamos. A verdade seja dita, porém, é que a genitália feminina é auto-limpante e não necessita de sabões e outros produtos, a não ser a água, que retira substâncias como suor, xixi e outros, que podem dar mau-cheiro a região. Moral da história: não precisamos de sabonetes íntimos nesta região e o que precisamos para a sua higienização é algo tão natural e maravilhoso como água.

Mas e se eu tiver cheiro forte?


Muitas mulheres se queixam do cheiro forte de sua vulva ou vagina e por isso, não só usam os sabonetes íntimos, como também usam perfumes, gels e todo tipo de aparato que possa deixar a região com cheiro de rosas, morango e outros afins. A realidade é que estes produtos desestabilizam o ph vaginal, aumentando o risco de doenças, por fim, é preciso lembrar que estas substências provêm do petróleo e muitas causam alergia e irritação. A verdade é que a vagina tem um cheiro característico que deve ser aceito como tal e muito deste odor depende do que você come. Se o cheiro for muito forte e incomodar é possível que algum problema esteja acontecendo e nese caso é preciso procurar ajuda médica, pois infecções vaginais geralmente modificam o odor vaginal. Fora este caso e se alimentando de uma dieta saudável, é muito difícil que ocorra cheiro forte na região.

Sempre desconfie!



Nós vivemos em uma sociedade em que tudo é produto, inclusive nós! Assim, antes de acreditar em um produto novo, sempre pesquise e informe-se sobre sua real necessidade. Eu procuro sempre usar os índios como exemplo para minhas necessidades de consumo: eles usam xampu? Os índios usam sabonete? As índias lavam sua região íntima com sabonete íntimo ou outros tipos de sabonete? Se isto não acontece em comunidades indígenas pouco afetadas pela sociedade ocidental, então é porque a nossa crença de necessidade de um detemrinado produto está errada. Saiba, por exemplo, que até os anos 40 as mulheres lavavam sua região íntima apenas com água e que foi apenas a publicidade da época (formada primordialmente por homens) que inventou a ideia de que as mulheres deveriam usar produtos em uma região tão delicada. Fiquem atentos! Antes estudar do que ser enganado.


Paz!

 Autora: Camila Gomes Victorino 






Post A Comment
  • Blogger Comment using Blogger
  • Facebook Comment using Facebook
  • Disqus Comment using Disqus

8 comentários :


[REFLEXÕES][grids]