[ECOTUTORIAIS][bleft]

Inspiração - A Família Que Produz Um Pote De Lixo Por Ano


A família Johnson reduziu seu lixo de uma tonelada para um balde por ano.
Fonte: The EpochTime
Todas as pessoas minimamente preocupadas com o meio-ambiente logo se deparam com o problema do lixo doméstico produzido por nossas famílias. Este tipo de lixo, composto principalmente de matéria orgânica, plásticos, metais, vidros e papéis, dentre outros componentes não recicláveis, é o maior responsável pela produção de lixo na sociedade, apesar de aparentemente pequeno, quando se trata de apenas uma família. Na realidade, são produzidas em média 1.746.896 toneladas de lixo doméstico por mês (dados do IBGE 2012 para a região Paraense (1)), sendo que apenas 20% deste lixo é reciclado, lembrando que estes dados são do Paraná, estado com uma devida organização ambiental, o que não é o caso para a maioria dos estados.

Quando somamos o nosso lixo ao da população de São Paulo, nossos
hábitos passam de inocentes a culpados. Fonte: BichosOnline
Assim, tendo em vista toda esta problemática, muitas pessoas resolvem agir sozinhas, já que nem sempre o governo oferece soluções para o caso. Aliás, mesmo oferecendo, nem todos os materiais podem ser reciclados ou o excesso de matéria orgânica do lixo, acaba impedindo a sua real administração. Dados do Portal Geo do Rio de Janeiro de 2004 (2) mostram que 59,76% do lixo doméstico é constituído de matéria orgânica. Aparentemente, a matéria orgânica não é um problema, pois é biodegradável, mas esta prejudica a manutenção dos aterros – quando estes existem -, além de gerar chorume, que misturado com substâncias tóxicas de outros materiais, pode contaminar os lençóis freáticos.

A reciclagem é apenas parte da solução. Primeiramente é preciso educar
para acabar com o consumismo. Fonte: Instituto EcoAção
O problema é realmente sério, mas a solução é muito simples e barata, pois se precisa apenas de uma composteira doméstica em cada lar para acabar por completo com quase 60% do lixo doméstico produzido por cada um. Para os outros 40%, existe soluções que não se delimitam apenas à reciclagem, pois já falamos, inclusive aqui no blog que a propriedade de reciclagem dos materiais é limitada, o que não a torna uma solução interessante à longo prazo. Para realmente resolver o problema é preciso parar de consumir e foi isso o que uma família norte-americana resolveu fazer para acabar de vez com a sua produção de lixo que tanto prejudicava o meio-ambiente e as outras pessoas da sociedade.

Na casa dos Johnson todas as embalagens são reutilizadas, os produtos
comprados à granel e alguns feitos em casa. Fonte: Earth911
Os Johnson eram uma família de classe média alta norte-americana, moradores da Califórnia, que produziam por ano cerca de uma tonelada de lixo. Moravam em uma pequena mansão e tinham hábitos de consumo extremamente nocivos, como a maioria dos estado-unidenses. Um belo dia, eles resolveram embarcar no desafio do “Zero Waste” (Desperdício zero), pois não queriam mais compactuar com a destruição do planeta. Não foi simplesmente reciclando seu lixo e fazendo uma composteira que os Johnson passaram de uma tonelada a um pequeno balde por ano; para conseguir, eles trocaram a mansão por uma casa pequena, que já ajudou a diminuir os gastos com manutenção. 

Este é o pote de lixo que a família Johnson produz por ano.
Inspirado? Fonte: DearKitchen
Além disso, o pequeno lar não acomodava o excesso de móveis e utensílios que a família foi acumulando, tendo ela que se desfazer de 80% de seus bens. Ademais, eles diminuíram em mais de 40% seus gastos com contas, pois seu consumo desenfreado não tinha mais desculpas para continuar. Além da troca de casa, os alimentos passaram a ser comprados todos à granel e armazenados em potes resistentes levados ao supermercado pela família; com isso, todas as embalagens desnecessárias dos produtos industrializados não chegavam ao seu lixo. Todo o papel de contas foi trocado pela via online, requerida pela família, e todos os produtos de limpeza passaram a ser feitos de forma caseira. Não vamos deixar de citar, claro, a compostagem do resíduo orgânico, que tornou-se um ótimo adubo para a pequena horta e a produção de alimentos caseiros, como geleias, que diminuíram ainda mais a necessidade por embalagens.

Bea Johnson sempre leva suas próprias embalagens, ao comprar produtos
prontos. Fonte: LifeReimagined
Vendo toda a possibilidade desta mini revolução desta família, você estaria disposto a mudar seus hábitos de maneira tão peculiar? O mais importante desta história inspiradora é perceber que, na maioria das vezes, o lixo produzido é reflexo dos nossos hábitos desenfreados de consumo. A questão que se coloca é: qual é a necessidade real por uma casa grande? Ou por que devemos trocar de celular todo ano ou de carro, ou ter um carro? E por que comprar roupas para seguir a moda ou sempre resolver comprar algo pela promoção, mesmo quando não necessitamos?

Em algumas cidades como São Paulo, o consumismo passou a ser
considerado como atividade de lazer, causando danos ambientais e
psicológicos na população. Fonte: ColunistasIg
Quantas são as pessoas que não conheço que sempre andam bem vestidas, com o carro do ano, com o celular mais top de linha da Apple, indo ao shopping tomar café todo fim de semana e gerando lixo sem igual! Não vamos esquecer que também geramos lixo quando saímos, pois qualquer forma de consumo hoje em dia gera lixo.
É preciso repensar nossos hábitos e criar estratégias para não gerar um excesso que poderá ser fatal para as futuras gerações. Um belo dia, os Johnsom perceberam o que estavam fazendo. Está na hora de todos nós começarmos a perceber o mesmo.
Uma dica que os Johnson dão é a formula dos 5 Rs: recusar, reutilizar, reciclar e compostar (rot em inglês). Espero que com isso possamos ir além de nós mesmos e quem sabe até inspirar os outros, como os Johnson vieram nos inspirar.

Para saber mais sobre a família Johnson e outras famílias que adotaram o Zero Waste, recomenda-se o livro de Bea Johnson sobre os hábitos da família e dicas de como diminuir a produção de lixo. Johnson, Bea. Zero Waste Home. Saiba mais em: < http://zerowastehome.blogspot.com.br/ >.

Mais artigos sobre lixo podem ser encontrados no blog. Insira o termo "LIXO" no buscador do blog para ter acesso aos mais variados artigos, com dicas de como diminuir a produção de lixo em sua casa.

Fontes:
Paz!


Ajude o blog a crescer e seja um seguidor!
Projeto "HISTÓRIA AO CONTRÁRIO", clique aqui para saber mais!

Autora: Camila Arvoredo

Post A Comment
  • Blogger Comment using Blogger
  • Facebook Comment using Facebook
  • Disqus Comment using Disqus

Nenhum comentário :

Ajude a Enriquecer o nosso Blog, Contribuindo com sua Opinião!


[REFLEXÕES][grids]