[ECOTUTORIAIS][bleft]

Themistocleia – A Mestra de Pitágoras

Não há pinturas de Themistocleia, mas sabe-se que foi ligada ao
Oráculo de Delfos. Fonte: Clã dos Bardos
Por: Camila Arvoredo

Themistocleia foi uma mulher pertencente ao oráculo de Delfos e apesar de pouquíssimo conhecida foi a responsável pela teoria da moral e ética de Pitágoras. Nos relatos históricos, não fica claro o parentesco de Themistocleia com Pitágoras, alguns atribuindo laços fraternais, porém atualmente, a pesquisa em história da filosofia aponta para a importância de Themistocleia como mestra de Pitágoras e sua grande influência junto a ele.


Segundo Mary Ellen Waithe, no livro “A history of women philosophers – volume 1”, a época pré-pitagorica era uma época de liberdade para a mulher, sendo elas ouvidas e bastante presentes na esfera pública. Foi nesta época que muitas mulheres filósofas apareceram e ajudaram inclusive, a fundar teorias que, infelizmente, depois de tantos anos de patriarcado, seriam atribuídas somente a nomes masculinos.

Quando se pensa em filosofia até o estudante é um garoto.
Visão deturpada que infelizmente reitera o status quo que a
filosofia tanto quer rebater. Fonte: RGiuliano
Muitos, atualmente, afirmam que as mulheres têm dificuldades em Exatas. Isso porque quase não há mulheres na física, matemática e computação. Porém se formos examinar bem, acadêmicas mulheres são raras em qualquer área, inclusive na filosofia. É comum, por exemplo, vermos muitas estudantes em cursos de humanas, mas quanto aos professores, eles continuam a ser homens em grande maioria. Isso acontece porque ainda vivemos em uma esfera patriarcal que privilegia o homem, o que leva com que mais homens do que mulheres, sigam os estudos adiante, depois do bacharelado, ou sejam reconhecidos por seu trabalho na academia.

Nós podemos criar um mundo em que
as mulheres também serão pensadoras e
não apenas prisioneiras do corpo.
Fonte: Studio des nuages
Apesar disso, as mulheres continuam lutando através da própria ação de seu trabalho e contribuindo para a sociedade, mesmo sem serem tão reconhecidas. No caso, isso acontece não só agora, em que se têm mais liberdade e voz, mas ocorreu durante toda a história Ocidental e Oriental e falta-nos somente ver e procurar pelas inúmeras estudiosas e gêniAs que foram apagadas ou substituídas por nomes de maridos ou discípulos.

No caso, Themistocleia é uma dessas figuras emblemáticas que pouco se conhece. Junto com Pitágoras, parecia participar de cultos de orfismo, acreditando na transmigração das almas e no poder da matemática para se compreender o universo.

Para saber mais sobre Themistocleia e outras mulheres filósofas, recomendo o livro de Ellen Waithe, já citado acima. Atualmente, existem alguns expoentes filosóficos femininos na filosofia brasileira, entre eles Marilena Chauí e Márcia Tiburi.


Em 2011, uma série de estupros acontecia na cidade de Toronto. O policial Michael Sanguinetti observou que as mulheres poderiam evitar isso se não se vestissem como “vadias”. Desde este momento, mulheres começaram a se reunir para mostrar que o estupro não é pedido pela mulher e nem sua responsabilidade, mas violência cometida unicamente pelo homem. Sendo assim, fundou-se o movimento da Marcha das Vadias.

Amanhã, 25 de maio, ao 12h00, a Marcha ocorrerá em vários locais do Brasil e do mundo. Participe na sua cidade e ajude a evitar o estupro e a violência contra a mulher.


Projeto "HISTÓRIA AO CONTRÁRIO", clique aqui para saber mais!

Gostou desta postagem? Tem mais! SIGA-NOS via Facebook, Google +, E-mail ou Blogger! 
Post A Comment
  • Blogger Comment using Blogger
  • Facebook Comment using Facebook
  • Disqus Comment using Disqus

Nenhum comentário :

Ajude a Enriquecer o nosso Blog, Contribuindo com sua Opinião!


[REFLEXÕES][grids]