[ECOTUTORIAIS][bleft]

A Corporação – Filmes que mudam o mundo

Por: Camila Arvoredo

Este é um documentário que qualquer pessoa
preocupada com os rumos da sociedade
atual deve assistir.
Fonte: Sociusnonsense
A Corporação era antigamente um dos documentários mais marcantes sobre o funcionamento do sistema capitalista, mas atualmente ficou esquecido. É por isso que resolvi relembrar um dos filmes que mais me fizeram entender como a engrenagem funciona e como a política que confiamos não passa de aparência para enganar a população da existência de uma falsa democracia.
No documentário, começa-se falando sobre o funcionamento das corporações. Atualmente, algumas poucas empresas detêm quase todos os mercados mundiais, utilizando diferentes nomes, dependendo da natureza do produto fabricado. Nos supermercados, as inúmeras opções de venda nos fazem acreditar que existem muitas empresas no mundo, porém tratam-se de apenas algumas. Para terem crescido tanto, estas empresas contratam cientistas, políticos, artistas e marqueteiros para convencer a população da necessidade de compra de seus produtos e atualmente de sua sustentabilidade e comércio justo. Na realidade, todos estes atores servem para esconder a dura realidade que nos cerca: alimentos e produtos envenenados, produção em massa de medicamentos cheios de efeitos colaterais - de uma filial da mesma empresa que produz a comida envenenada - danos ambientais praticamente irreversíveis, falta de ética na pesquisa científica, trabalho escravo e abuso de poder e corrupção.

Somos mais responsáveis por este mundo do que imaginamos.
Fonte: Dionuance
Como chegamos a isso é difícil saber, além da provável hipótese de que as próprias escolhas das populações em reiterar práticas corruptas no dia a dia, fizeram crescer de pouco em pouco o poder de alguns conglomerados, que, estes sim, são os verdadeiros governos mundiais.
Além dessa visão, “A Corporação” trata dos danos ambientais e também do funcionamento da publicidade que nos convence muito bem de que precisamos comprar e comprar, sem parar, aquilo que não necessitamos, mas achamos que precisamos.

Ahimsa, o princípio da não-violência, nos ensina que
os atos valem mais do que mil discursos políticos.
Fonte: AlteraçãoPositiva
Cabe lembrar que o filme nos deixa com aquela dúvida sobre o que fazer para melhorar o mundo, quando, na verdade, estamos lutando contra algo que vai além de nossas forças. Bem, muitas vezes acreditamos que o mundo e a sociedade são estruturas a parte de nossos corpos e nossa realidade. Assim, nós costumamos falar, por exemplo, que “a sociedade faz tal...”, “ que o mundo é mal...” enfim. Este é um tipo de vício que nos faz entender falsamente que nós estamos desconectados da sociedade e do mundo e que não temos, portanto, responsabilidade para com o modo de funcionamento destas estruturas. Isso é um problema, pois continuamos a nos comportar de maneira irresponsável, sem perceber que aquelas pequenas conseqüências nocivas de nossos também pequenos atos, é que, em comunhão com todas as outras pequenas conseqüências dos atos dos outros, geram a sociedade absurda em que vivemos.
Assim, o nosso poder está em nossos atos e é certo que as boas conseqüências serão pequenas, mas isso não interessa, visto que se mudando a si mesmo, já se muda uma pequena fração da sociedade. Portanto, entender que tubarões de ferro dominam o mundo é importante, mas não deve nos deixar abater!

"Mantenha a fé, lute contra a corporação". Nós podemos,
se quisermos! Fonte: MyspaceDanAtkins
Infelizmente, a política institucional é apenas um teatro, pois de fato as decisões importantes são tomadas por uma minoria que não segue nenhum preceito democrático ou de compaixão. Sendo assim, só nos resta fazer a única ação que realmente é capaz de transformar o mundo e o nosso mundo interior: melhorar-se! Ensinar pelos nossos atos e boicotar ações destrutivas, o máximo que se pudermos, esta é a solução! Agir em grupo e fazer a mudança acontecer, isto é algo que também devemos tentar! Mudamos para o não consumismo, para a reutilização, para o não consumo de transgênicos ou alimentos envenenados, boicotamos produtos provindos de trabalho escravo, que danificam o meio, produzimos o máximo de coisas realmente necessárias que conseguirmos e formamos, por nós mesmos e, por que não, uma sociedade dentro da sociedade.
Assistam “A Corporação” e entendam o verdadeiro funcionamento da engrenagem. Após este filme já não somos os mesmos e nos convencemos de que mudar a si mesmo é mais importante do que parece.

Paz!

Assista o filme "A corporação" legendado e faça uma doação para os produtores, caso possa. Eles liberaram os direitos do filme e pedem por doações para ajudar a equipe.





Projeto "HISTÓRIA AO CONTRÁRIO", clique aqui para saber mais!

Gostou desta postagem? Tem mais! SIGA-NOS via Facebook, Google +, E-mail ou Blogger! 
Post A Comment
  • Blogger Comment using Blogger
  • Facebook Comment using Facebook
  • Disqus Comment using Disqus

Nenhum comentário :

Ajude a Enriquecer o nosso Blog, Contribuindo com sua Opinião!


[REFLEXÕES][grids]